MOTOCICLETAS ELÉTRICAS: 3 NOVOS MODELOS DA HONDA EM 2024

MOTOCICLETAS ELÉTRICAS: 3 NOVOS MODELOS DA HONDA EM 2024

A montadora japonesa apresentou plano de eletrificação da sua linha de veículos e motocicletas

 Por Thiago Dantas 

A Honda estabeleceu como meta eletrificar toda a sua gama de automóveis até 2040, isso quer dizer, parar de fabricar veículos movidos por um motor de combustão. O CEO da Honda Motor, Toshihiro Mibe, apresentou para imprensa os planos de eletrificação e emissão zero que a Honda estabeleceu até 2050, um projeto que afeta a divisão de motocicletas por completo. 

O plano ambicioso da montadora japonesa é ser uma multinacional com impacto ambiental zero até 2050. Para que esse objetivo seja alcançado, a Honda quer promover o uso de baterias intercambiáveis, apostar no hidrogênio como combustível limpo e buscar métodos mais eficazes para reaproveitar e reciclar baterias que já tenham seu ciclo de vida esgotado.

O objetivo, em nível global, é aumentar o número de veículos elétricos em 40% até 2030, número que passará para 80% em 2035 e por fim 100% em 2040, substituindo totalmente sua frota de automóveis a combustão por veículos elétricos. 

Já no setor das motocicletas, a Honda não cita abandonar por completo os motores a gasolina, mas antecipou a chegada de três modelos 100% elétricos em 2024, distribuídos mundialmente.

A grande aposta da Honda é composta por dois modelos tipo scooter,  um com desempenho similar a um ciclomotor de 50 cc e o outro abaixo de 125 cc. Além das duas scooters, a Honda também apresentará em 2024 uma motocicleta elétrica com desempenho semelhantede uma 125 cc. Por fim, a Honda divulgou a introdução de mais um modelo elétrico na área FUN, que se refere a modelos 100% elétricos com maior desempenho e capacidade, sem data definida para o lançamento. 


Apresentação Honda - Divulgação Honda Japão

Um dos pilares para a produção de suas primeiras motocicletas elétricas é o recente acordo assinado entre Yamaha, KTM e Piaggio para padronização de baterias intercambiáveis entre os modelos elétricos. Você pode ler a matéria completa do acordo entre as montadoras, acessando aqui.

Toshihiro Mibe, aproveitou a apresentação para falar sobre o sistema ADAS desenvolvido pela Honda. O gigante japonês vê a possibilidade de atingir "zero mortes em colisões de tráfego envolvendo motocicletas e carros Honda em todo o mundo" até 2050, aproveitando esta tecnologia de direção automatizada.

 

Fonte: TodoCircuito

 


Fonte:
Equipe MOTO.com.br